1
Muita gente sempre me pergunta como faço pra viajar tanto pelo Brasil consolidando trabalho, estudos e finanças. E a resposta é bem simples e esclarecedora. Dá sim pra viajar trabalhando, estudando ou mesmo tendo pouquíssimo dinheiro. As dicas são todas minhas adquiridas pelos meus pais, amigos ou situações de perrengue. Vamos planejar sua próxima viagem?

2
#1 Tenha em mente um destino
Não basta achar Machu Picchu um lugar mágico, achar cangurus bonitinhos ou todo mundo falar daquela praia do Nordeste. Você tem que querer estar lá. Pesquise informações históricas sobre o destino, fotos, relatos de pessoas que já foram e decida se é aquele o lugar que você quer conhecer. Escolheu? Agora imprime um monte de foto, siga no Instagram perfis de pessoas que vivem naquele lugar ou assista filmes sobre o país (BBC sempre cheia de documentários pra quem quer destinos exóticos) pra não deixar o sonho morrer! É muito fácil achar bacana e de repente achar que aquilo está fora de alcance. Persista! Se não é agora, não podemos deixar que nunca aconteça.

3
#2 Organize o seu tempo
Você trabalha 40h semanais? Queria te apresentar meu amigo Carnaval, minha colega Semana Santa, meu bom velhinho Natal e as tão sonhadas Férias! Essa é a gangue e o planejamento pra curtir o rolé sem ser demitido é sair com eles. Converse com sua gerência pra saber se as férias de 1 mês não podem ser divididas em 15 dias a cada 6 meses. Faltar um dia que é contabilizado como trabalho entre um feriado de 5 dias também deve ser conversado com antecedência. Se você trabalha em uma empresa que respeita o trabalhador isto não deve ser nenhum problema.

Você estuda no Ensino Médio ou faz uma faculdade? Férias, feriados e o mais importante: limite de faltas. Na minha faculdade temos direito a 25% de ausências pra cada disciplina cursada. Eu vivo beijando o perigo com meus 24,7% mas não deixo de viajar! Economizo minhas faltas de doença e preguiça exclusivamente por isso. Vale lembrar que você não deve deixar de estudar para suas provas ou até mesmo faltar apresentações de trabalhos e testes. É melhor consultar o calendário acadêmico com antecedência. Se você estuda no Ensino Médio, aproveite as férias escolares ou adiante conteúdo e converse com seus pais a respeito de perder uns diazinhos de aula. A professora talvez nem sinta sua falta naquela sala de 60 alunos fazendo barulho e bagunça..

4
#3 Pesquise e economize
Mas Nina, não seria o contrário? Não! A pesquisa pra uma viagem dar certo tem de ser muito específica. Não basta procurar no Google e em agências de turismo, você tem que dominar as ferramentas de pesquisa que são essenciais pra quem quer viajar gastando pouco.

Cadastre seu e-mail nas newsletter das principais companhias de aviação do Brasil e do Mundo, baixe os aplicativos de pesquisa de vôos (Dica breve: pra quem usa o Decolar.com, saia dessa vida e vá pro Voopter, eles tem aplicativo pra celular e funciona no site também), fique atentos aos dias de saldão de últimos lugares (toda quarta-feira pela noite a Gol vende seus últimos lugares de vôos por preços super em conta), garanta sua dormida confortável em albergues ou faça couchsurfing e compre os tickets das atrações a serem visitadas com antecedência sempre usando uma carteirinha de estudante internacional.

5
#4 Souvenirs e comprinhas
Eu sempre garanto minhas fofurices regionais e compras de eletrônicos e roupas fazendo uns freelas a mais (isso é bem fácil pra quem trabalha com Arquitetura ou Design) mas você pode conseguir mais por bem menos tempo. Procure um meio emprego (Starbucks e Franz Café tem meia jornada de trabalho pra estudantes), emprego temporário (empresas de eventos, negócios de família) ou invista no que você sabe fazer (vender chocolates caseiros, confeccionar jóias hippies, fazer desenho dos amigos).. Só não vale passar dos limites pra conseguir grana, vale lembrar! Se você trabalha com honestidade e suor você recebe reconhecimento e dinheiro, é só ter garra e presistência.

6
#5 Colecione lembranças
Faça que nem eu: colecione lembranças! Viajar pra Europa pode ser muito legal mas se você não tem verba pra isso você pode procurar se locomover pra perto também. O nosso Brasil é lindo. Tem tanta praia, tanta serra, tanta chapada e tanto lago bonito.. Procure perceber que o mundo ao seu redor é pra ser visto e guardado na sua mente, não importa se você tá a 50 ou 5000km de casa.
Em breve vou fazer posts mais detalhados sobre compras de passagens baratas, escolha de albergues e sites de venda coletiva de atrações pra te ajudar no possível a fazer seu destino virar realidade. Essas podem ser coisas fáceis de citar pra vocês abrirem a mente mas na hora da pesquisa uns macetes super ajudam!

Qual o próximo destino de vocês? =)