Processed with VSCOcam with 5 presetCiao bellos! Tutto bene? Comecei o ano de 2015 querendo aprender mais uma língua além do inglês. Na hora de decidir o idioma o fator que acabou sendo decisivo pra escolha foi minha descendência italiana. Não é só meu nome que é do “país em forma de bota”, o sangue que corre em minhas veias vem da cidade de Pisa! Boa parte da minha família tem dupla nacionalidade e tenho planos de ainda ir passar um bom tempo pela região norte da Itália. Também super concordo com o fato de se adaptar a cultura do país e não da cultura do país ter que se adaptar com o imigrante. Tenho que chegar por lá sabendo pedir meu prato preferido (FYI spaghetti alla carbonara) sem errar feio, né? Avanti, Italia!

Processed with VSCOcam with 5 presetCerca de 70 milhões de pessoas falam italiano e países como Suiça, Croácia, Eslovênia, Mônaco, San Marino e o Vaticano tem o idioma como língua oficial. Ela é derivada do Latim e muitos dizem que é uma forma de Latim vulgar que veio deeeesde os tempos da Roma antiga. Aqui no Brasil nós temos a maior população de descendentes, são cerca de 30 milhões de pessoas bisnetas, netas ou filhas de 1,5 milhões de italianos que vieram pro Sudeste.

O italiano é uma língua tão complexa quão parecida com o português: são tantas formas verbais que fica fácil de confundir. Coisa que, inclusive, sempre me fez ter um pouco de abuso com línguas latinas. Sempre parece um português errado, sabe? A palavra hoje em italiano é oggi. Não parece meio errado? Sinto estar assassinando o português! O c tem som de chi e o nosso ti tem aquele sotaque gostoso da paraíba, sabe? É difícil mas depois do terceiro mês de aula a gente acaba acostumando com a pronúncia. E não é só falar, tem que rolar aquela mãozinha fechada! Os gestos que os italianos usam são taaantos que nem sei contar. Achei esse vídeo no YouTube que mostra alguns dos gestos mais tradicionais. Você já usava algum sem saber?

Acho que desde que me entendo por gente consigo ler e escrever em inglês. Eu tenho a exata lembrança de quando minha mãe começou a ensinar inglês pra mim e pro meu irmão: fitas em VHS do Magic English, um curso de inglês para crianças da Disney. Foram tardes e tardes assistindo trechos em inglês dos clássicos da animação e aprendendo palavras, pronúncias e músicas! E daí pra frente não paramos mais.. Eram jogos online, músicas e livros em inglês. A necessidade de ir pra sala de aula surgiu apenas quando já estávamos no ensino médio. E confesso ter sido uma experiência bem dispensável: fizemos dois anos de inglês pra exercitar o que nós já tinhamos aprendido quando crianças. Depois de entendermos que a nossa necessidade iria além de aulas em escolas locais de idiomas decidimos interromper os estudos da língua inglesa.

Voltar pra sala de aula pra começar uma língua da qual não sei nada está se provando uma experiência desafiadora! Preciso fazer amigos aqui no Brasil e pela Internet que possam me ajudar a praticar a língua. Fora as músicas que tenho que começar a ouvir, os filmes que tenho que começar a assistir. Esse acervo tá começando aos poucos e aceito toda e qualquer dica que vocês quiserem me dar, seja de música, séries, jogos.. Ou até receitas culinárias, ok? Esse post já está me dando fome..



Eu estou fazendo o curso de Italiano na escola de línguas Pense Idiomas, que fica ao lado do escritório onde trabalho! Lá, além de Italiano eles oferecem aulas de inglês, francês, espanhol e alemão! São várias sedes em bairros diferentes pela cidade de Fortaleza. Mais informações aqui neste link! Se você pudesse escolher um idioma adicional pra aprender qual seria ele? Conta pra mim? ♥

Faça um comentário →